Me formei em Rádio e Tv na ECA/USP em 1992 comecei minha carreira como assistente de produção.

 

No final de 1996 fui para Espanha para fazer o “Master de Escritura para Cine y Televisión” na Universidad Atónoma de Barcelona durante o ano de 1997. De Barcelona fui para Madrid trabalhar na TeleCinco. Trabalhei como roteirista durante um tempo.

 

Em 2001/2002 estudei “Câmera e Iluminação para Cinema” na Escuela de Cine y Tv de Madrid Septima Ars. Fui estagiária em uma das maiores locadoras da Espanha: EPC. Comecei minha carreira na equipe de câmera como video assit fazendo services e trabalhando quase sempre com equipes internacionais.

 

Trabalhei também como Assistente de Steadycam (função que não existe no Brasil), na qual você é responsável por montar e equilibrar o equipamento, marcar e levar o operador durante o plano, além de, nas séries de televisão dos anos 2000, fazer o foco. Passei por quase todas as séries emitidas nas Tvs abertas na Espanha naquela época fazendo diárias soltas acompanhando o Steadycam. Fiz isso durante 6 anos alternando com diárias de assistência de câmera. Aprendi muito sobre movimentação de câmera estando nessa função.

 

Como trabalhos destacados: (ou talvez os que mais me marcaram)

1. Entrar no estádio “Santiago Bernabeu” com 17 câmeras (14 ARRI 435 e 3 ARRI SR3) às ordens de Darius Khondji para fazer o longa “Zidane, Un Portrait du 21e Siècle”. Era 1 das 3 únicas mulheres de uma equipe de 51 pessoas

 

2. Filmar “Sangre de Maio” com diretor José Luis Garci (ganhador do Óscar a melhor filme estrangeiro em 1983), fotografado pelo argentino Félix Monti (grande mestre e um querido). Adoro fazer filmes/séries de época.

3. Fazer parte de Segunda Unidade de: “Goal II, Living de Dream”, passando 3 semanas de noturnas cortando as ruas de Madrid filmando uma perseguição. (quem disse que só os meninos gostam de filmar ação? rs) Já operei câmera em curtas, institucionais, publicidade e transmissões ao vivo.

 

Morei 15 anos na Espanha, dos quais 10 deles trabalhando em diferentes equipes de câmera nas diferentes funções. A maioria do meu trabalho foi em publicidade. Vivi a entrada da RED ONE no mercado e toda a revolução do Digital. E justamente por causa de tantas mudanças de formato (e de casas, e de país) não consigo montar meu portfólio.

 

Voltei pro Brasil em 2011 graças à crise no audiovisual gerada pela crise mundial. A minha inserção no mercado nacional foi (e continua sendo) bastante difícil. Muito conhecimento e pouco QI. O fato de ser mulher também não facilita muito...

 

Habitualmente trabalho como segunda assistente. Adoraria ter a opotunidade de voltar a ser primeira, profissão que sempre amei, desde a época que estava na escola de cinema.

 

Por outro lado, depois de tantos anos, tantos mestres e tanto estudo, tenho alguns projetos em andamento como diretora de fotografia e a intenção de começar a montar meu portfólio. Muita gente acreditou em mim e se dedicou (e ainda se dedica) a me ensinar tanta coisa que considero que chegou o momento de começar a honrar esses mestres e experimentar o meu olhar construído a partir desses ensinamentos.

Contato:

(11) 96916-5367
vickybalicas@gmail.com