Bruna Justa

Formada em Audiovisual pela UFRN, iniciei minha carreira como videomaker no Jornal Tribuna do Norte, onde também atuei como fotojornalista.

 

Assinei os vídeos de cadernos especiais do jornal em parceria com o Sebrae-RN. Fotografei pautas locais para veículos nacionais, como: Estadão, O Globo, BBC Brasil e Revista Nova Escola.

 

Junto a equipe, fui finalista do prêmio Estácio de jornalismo 2018 com a videorreportagem "Um novo sertão - O ensino superior transformando vidas." E 2º lugar no VI prêmio de jornalismo do Ministério Público do RN com a videorreportagem “Braços vazios – a dor de quem fica”.

 

Em 2019 fui uma das 20 selecionadas, entre 470 reportagens, para a imersão do Globo Lab Profissão Repórter com a reportagem "Recomeço: uma nova vida para Jéssica e José Gregório, ano em que dirigi a websérie Ouse ir além para a marca de roupas potiguar Duemar e o documentário "As flores de cacto do João XXIII", ganhador do Prêmio de melhor filme e do Prêmio Mistyka no Festival Curta Caicó 2020.

Link:

https://vimeo.com/brunajusta

Contato:

brunajusta@gmail.com
@brunajusta