Bia Marques

Diretora de fotografia, oficineira de cinematografia e cineclubista


Fui fisgada pela fotografia nos anos 80, a partir do curso de Jornalismo na ECO-UFRJ. Trabalhei como repórter fotográfica durante 10 anos em veículos tais como O Globo, O Dia, Jornal do Commércio e Gazeta de Notícias.

No início de 2000 migrei para o audiovisual indo estudar Cinema na UFF. Desde então atuo em documentários e curtas nas funções de Diretora de Fotografia, Operadora ou Assistente de Câmera, Assistente de Elétrica e Still.

Com DEZ ELEFANTES, filme dirigido por Eva Randolph, ganhador do Leopardo de Ouro no 61º Festival de Locarno na Suíça, recebi os seguintes prêmios:
- Premio ABC 2009 - Melhor Cinematografia de Filme Estudantil

- Kodak Filmschool Competition 2008 etapa Brasil

- 2o lugar Kodak Filmschool Competition 2008 etapa Latino Americana

Diretora de Fotografia / Câmera de NOTURNAS, série com 46 mini docs sobre as memórias do transformismo carioca, produção Acalante Filmes, direção Allan Ribeiro, RJ, exibida no horário interprogramas no Canal Brasil.

http://globosatplay.globo.com/canal-brasil/noturnas/

Fotógrafa de mais de 20 curtas-metragens, com destaque para TAILOR (2017) dir. Cali dos Anjos, JAPURÁ, O POVO QUE VIROU AÇÚCAR (2015), documentário da 5a edição do projeto Revelando Os Brasis, dir. Geraldo Bellinelo, CONTOS DA MARÉ (2013) dir. Douglas Soares, Melhor Curta Documentário no 46o Festival de Brasília do cinema Brasileiro, A DAMA DO PEIXOTO (2011) dir. Allan Ribeiro e Douglas Soares, QUEIMADO (2009) dir. Igor Barradas, MARIA NINGUÉM (2008) dir. Valério Fonseca, MUITO ALEM DO CHUVEIRO (2008) dir. Poliana Paiva, SOBRE A MARÉ (2005) dir. Guile Martins e PAPO DE BOTEQUIM (2004) dir. Allan Ribeiro.

Em 2016 tive minha primeira experiência com iluminação teatral quando atuei como assistente do iluminador espanhol Fernando Canelón Vilar. Fui responsável pela montagem de luz do projeto Microteatro RJ, composto de 5 micro-obras teatrais encenadas de 4 a 26 de novembro no Centro Cultural Oduvaldo Vianna Filho – Castelinho do Flamengo, RJ.

Mentora de Direção de Fotografia, prestei assistência às 15 produções contempladas no Laboratório Núcleos Criativos 2017, do programa Territórios Culturais RJ / Favela Criativa da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro.

Ministro oficinas de Cinematografia, Iluminação, Operação de Câmera, Documentário e Fotografia Still, circulando por instituições como o Cinema Nosso, a Ação da Cidadania, a Academia Internacional de Cinema - AIC, o Senai/Laranjeiras ou o Núcleo de Produção Digital - NPD/Niterói.

Coordeno o Cineclube em Ação, que realiza sessões mensais no galpão da Ação da Cidadania, em frente ao Cais do Valongo

https://www.facebook.com/CineclubeEmAcao

 

Moro no bairro Santa Teresa, no Rio de janeiro. Estou disponível pra viagens, tendo trabalhado em vários estados brasileiros, MG, TO, DF, AL, PB...

Links:

https://www.gatoescaldadofilmes.com/bia-marques

http://abcine.org.br/site/socios_descricao/?socio=1691

http://portacurtas.org.br/busca/specSearch.aspx?spec=ficha_t%C3%A9cnica&artist=Bia%20Marques

http://www.imdb.com/name/nm2029432/


Contatos:
(21) 98855-2227
biamarquesbr@gmail.com